Pelo menos 13 pessoas morreram e duas estão desaparecidas, depois de um barco de pesca sul-coreano colidir com uma embarcação de reabastecimento, este domingo, indicou a guarda costeira local.

No último balanço deste naufrágio, um oficial da guarda costeira indicou que sete pessoas foram resgatadas e duas estão desaparecidas, incluindo o capitão.

A bordo do barco de pesca de 9,8 toneladas estavam 22 pessoas. O barco naufragou depois de colidir com uma embarcação de reabastecimento de 336 toneladas, ao largo da cidade de Incheon.

Segundo o mesmo oficial, que não quis ser identificado, a embarcação de reabastecimento não sofreu danos.

O gabinete do presidente, Moon Jae-in, ordenou às autoridades que destacassem todos os helicópteros e aeronaves necessárias para procurar pelos desaparecidos.

No local estão 19 embarcações navais e da guarda costeira e cinco aeronaves, incluindo helicópteros. As autoridades estão a questionar a tripulação do barco de reabastecimento para tentar determinar as causas da colisão.

A Coreia do Sul foi palco de alguns acidentes marítimos significativos nos últimos anos, incluindo em 2014 quando um ferry se afundou, matando mais de 300 pessoas, a maioria crianças. Mais de 50 pescadores morreram ou desapareceram meses mais tarde, depois de o seu barco de afundar no Mar de Bering.