O Papa Francisco escolheu uma das prisões mais sobrelotadas de Itália para o ritual do lava-pés na quinta-feira santa, conforme se pode ver no vídeo divulgado pela Reuters (em cima). 

O chefe da Igreja Católica lavou, simbolicamente, os pés a 12 reclusos da cadeira de Rebibbia, nos arredores de Roma, onde vivem 1.900 homens e 350 mulheres, algumas delas com filhos pequenos.

Ainda antes de ser designado Sumo Pontífice, Jorge Bergoglio já realizava cerimónias do lapa-pés, como forma de minimizar a dor dos que mais sofrem.

No ano passado, o Papa cumpriu este ritual num centro de reabilitação com deficientes e idosos. Em 2013, tinha escolhido uma prisão juvenil.