O principal candidato da oposição, Muhammadu Buhari, ganhou as eleições presidenciais na Nigéria por 2,57 milhões de votos, de acordo com resultados oficiais anunciados esta quarta-feira.

A comissão eleitoral informou que Muhammadu Buhari, candidato pelo Congresso Progressista (APC, coligação de quatro partidos da oposição), obteve 15.424.921 votos, ou 53,95% dos 28.587.564 votos válidos.

O seu adversário mais próximo, o Presidente cessante Goodluck Jonathan, de 57 anos, do Partido Democrático Popular (PDP, no poder), obteve 12.853.162 votos (44,96%) na eleição, realizada no sábado e domingo.

Muhammadu Buhari já tinha reivindicado, na terça-feira, a vitória nas eleições presidenciais na Nigéria, tendo recebido um telefonema de felicitações do Presidente em exercício e candidato derrotado, Goodluck Jonathan, mesmo antes de terem sido divulgados os resultados oficiais finais.

A chefe da diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, também felicitou na terça-feira Muhammadu Buhari.

Ao fim de três derrotas, em 2003, 2007 e 2011, este antigo general, de 72 anos, autor de um golpe de Estado em 1983, de etnia Peul, originário do norte de maioria muçulmana, reivindicou a vitória e prometeu desembaraçar os nigerianos da corrupção, considerada como um dos priores problemas da primeira potência económica de África.

Cerca de 69 milhões de eleitores foram chamados às urnas para escolher o Presidente, os 109 senadores e os 360 deputados da Nigéria, o país mais populoso de África e o primeiro produtor de petróleo.