Cinco pessoas estão desaparecidas na sequência do naufrágio de uma piroga no rio que liga as duas margens da localidade de Farim, norte da Guiné-Bissau, e nove foram resgatadas, disse esta quinta-feira à Lusa fonte do governo regional de Oio.

Segundo a fonte, a piroga fazia a ligação entre as duas margens do rio e levava a bordo 14 pessoas, entre as quais o imã da localidade, que não sofreu ferimentos.

Foi o próprio líder muçulmano que explicou às autoridades que a piroga, com motor fora de bordo, se afundou «por completo» no rio a uma curta distância do cais de atracagem da margem que dá acesso à estrada em direção à Mansoa.