"Pode acontecer que seja novamente um agente ao serviço da continuidade da coligação da política com os negócios que venha a ocupar o cargo de Presidente da República, por mais que alguns candidatos o tentem disfarçar".