O oitavo episódio de Star Wars, “Guerra das Estrelas” em Português, estreia esta quinta-feira nas salas portuguesas de cinema, realizado por Rian Johnson, com a crítica internacional a considerá-lo o melhor capítulo da saga, desde “O Império Contra-Ataca”.

Com o título “Os Últimos Jedi”, o filme retoma a história que decorre numa “galáxia muito distante”, com a personagem de Rey (interpretada por Daisy Ridley) a encontrar Luke Skywalker (papel desempenhado por Mark Hamill) para prosseguir o seu treino com a Força.

Na plataforma Rotten Tomatoes, que colige críticas de cinema, são vários os críticos a classificar o mais recente episódio da saga como o melhor desde o aclamado “Império Contra-Ataca” (1980).

Em Portugal, o crítico Luís Miguel Oliveira, no Público, deu-lhe uma estrela em cinco, lamentando "aquela sensação de claustrofobia intensa que só as coisas muito aborrecidas proporcionam", e reconhecendo que "filmes destes começam a ser incriticáveis, porque entre o 'acontecimento', comercial em primeiro lugar e jornalístico em sequência, e a expectativa dos 'fãs', que esperam por ele como um católico pela missa dominical, sobra pouco espaço".

Por seu lado, Rui Pedro Tendinha, no Diário de Notícias, escreveu que, "sem ser perfeito e estando longe do estado de graça do anterior episódio, o filme assume-se como um triunfo nesta renascença do 'franchise', conseguindo estabelecer novos rumos narrativos sem nunca deixar de rimar com a primeira trilogia".

O filme fica também marcado por se estrear depois da morte de Carrie Fisher, em dezembro do ano passado, atriz que, enquanto Princesa Leia protagonizou grande parte da série.

Em setembro, foi anunciado que o realizador norte-americano J.J. Abrams vai realizar e coescrever o argumento do episódio IX da saga “A Guerra das Estrelas”, previsto para 2019, regressando assim à trilogia que inaugurou em 2015.

Para 2018, está previsto o lançamento de um filme focado na personagem de Han Solo (historicamente interpretado por Harrison Ford), quando jovem.