O presidente do PS, Carlos César, disse esta quinta-feira que a “boa relação” institucional com o Presidente da República é importante, mas “não totaliza a estabilidade política e a conjugação de esforços necessária”.

“Os nossos compromissos são em primeiro lugar com os portugueses e em segundo lugar no sentido de melhoria de um relacionamento institucional desde logo com o Presidente da Republica, mas a boa relação com o Presidente da República não totaliza a estabilidade política e conjugação de esforços que é necessária”, disse Carlos César no final da posse do XXI Governo Constitucional, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

O também líder da bancada parlamentar socialista adiantou que “a relação com o Presidente da República é muito importante e faz parte da construção institucional que o PS deseja”.

“Nós temos necessidade de concentrar muito do nosso tempo nos problemas do país e não perder tempo nos conflitos institucionais que são inúteis”, afirmou o presidente do PS, partido que formou o novo Governo, com o apoio parlamentar de PCP, BE e PEV.