O Produto Interno Bruto (PIB) aumentou, em termos homólogos, 2,5% em volume no terceiro trimestre de 2017 (3% no trimestre anterior), anunciou o Insituto Nacional de Estatística (INE) em comunicado.

"O contributo positivo da procura interna para a variação homóloga do PIB aumentou, verificando-se uma aceleração do consumo privado e um abrandamento do Investimento", diz o INE. 

O contributo da procura externa líquida foi negativo, contrariamente ao registado no trimestre anterior, refletindo a desaceleração em volume das Exportações de Bens e Serviços e a aceleração das Importações de Bens e Serviços.

Comparativamente com o segundo trimestre de 2017, o PIB aumentou 0,5% em termos reais, mais 0,2 pontos percentuais que no trimestre anterior. O contributo da procura interna aumentou ligeiramente no 3º trimestre, tendo-se observado um crescimento do consumo privado e uma redução do Investimento, contrariamente ao verificado no trimestre anterior. O contributo negativo da procura externa líquida para a variação em cadeia do PIB manteve-se inalterado, observando-se um aumento das Importações de Bens e Serviços superior ao das Exportações de Bens e Serviços.

Os dados de hoje vem confirmar os dovulgados em meados de novembro.