A cantora Sofia Lisboa contou, no programa «Você na TV», da TVI, como venceu a leucemia, numa altura em que lança o livro «Nunca desistas de viver», com prefácio do colega dos Silence 4 David Fonseca.

«Ouvir-se que se tem uma leucemia não é uma coisa que se perceba nos 5 minutos seguintes. É um grande buraco que se abre nos nossos pés», contou, na entrevista a Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha.

A vocalista da banda de Leiria revelou que o diagnóstico foi feito após umas análises de rotina, no segundo trimestre de uma gravidez que teve de interromper.

«Estava preparada para o pior com uma notícia que envolvesse a gravidez. Não só não estava tudo bem com a gravidez, com o bebé, como com a minha vida inteira», afirmou.

Sofia Lisboa acabou por ficar desfigurada, como resultado da medicação pós-transplante de medula, que foi um sucesso devido à compatibilidade a 100% da irmã mais velha. «Estive vários meses assim, acamada, totalmente dependente, no limite da dignidade humana», lamentou.

Admitindo que chegou a pensar em tirar a própria vida, a vocalista dos Silence 4 tem agora «muita vontade de ajudar quem passou pelo mesmo» e daí o livro.

Sofia Lisboa deixou ainda um elogio aos profissionais de saúde que a trataram, por tentarem «minimizar» a dor dos doentes, e um conselho: «Não conhecer o cancro pela internet. Preferia a informação dada por médicos e questionava-os muito».

Recorde-se que os Silence 4 voltaram a reunir-se este ano para dar dois concertos para ajudar a Liga Portuguesa Contra o Cancro, na sequência da doença da cantora.