A dívida pública real ascende a quase 200% e não aos 129% divulgados oficialmente. A revelação foi feita por Medina Carreira, no programa Olhos nos Olhos da TVI24. O antigo ministro e o convidado desta segunda-feira, o professor de Economia Avelino de Jesus, explicaram o que é a dívida explícita e a dívida encoberta.
 

«Considerando essa tal dívida escondida ou encoberta, são mais 70 mil milhões. A dívida do Estado (…) é de quase 200%», adiantou Medina Carreira. 



Avelino de Jesus fez as contas com base nos últimos dados do Eurostat e chegou à conclusão que há mais 70 mil milhões de euros que não estão contabilizados nos números oficiais da dívida.
 

«Aquilo que entra para a dívida pública é uma parte apenas da dívida real».

 


O professor do ISEG explica que para essa dívida encoberta entram quatro rúbricas: as dívidas das empresas públicas; as dívidas das parcerias público-privadas; as garantias do Estado e o crédito mal-parado do Estado (dinheiro emprestado pelo Estado sobre o qual não tem garantias de ser reembolsado).