A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, foi diagnosticada com pneumonia, confirmou a médica candidata à Reuters.

Hillary sentiu-se mal, este domingo, durante a cerimónia em Nova Iorque que assinalava os 15 anos do 11 de setembro, tendo na altura abandonado o local do memorial das vítimas “devido ao calor”.

A médica acabou por confirmar hoje que Hillary havia sido diagnosticada com pneumonia na sexta-feira e que desde então está a ser medicada com antibióticos e com recomendação de repouso.

A candidata à Casa Branca saiu antes de se cumprir o minuto de silêncio em memória das vítimas e recolheu ao apartamento da filha, onde foi examinada pela sua médica, tendo depois mandado informar que já se "sentia melhor".

De acordo com a Fox News, Hillary esteve prestes a desmaiar e foi ajudada pelos seguranças.