Em comunicado, a PJ especifica que a viatura estava estacionada na garagem de um edifício, na zona de Vila Praia de Âncora.

"O suspeito, também indiciado por crime de violência doméstica, atuando num quadro de alguma instabilidade emocional, ateou fogo a um veículo automóvel que se propagou a outras áreas da garagem onde este se encontrava", refere o comunicado.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de obrigação de permanência na habitação com vigilância eletrónica.

Até estarem reunidas as condições para a sua transferência para a habitação, fica em prisão preventiva.