A polícia nacional espanhola deteve esta manhã um homem de 39 anos, Carlos Díaz Fernández, acusado de ter enviado pacotes suspeitos aos diários El País, 20 Minutos e Libertad Digital, adianta o «El Mundo», citando fontes da polícia.

O indivíduo, que foi detido num hostel na rua Hortaliza na capital espanhola, tem antecedentes psiquiátricos.
Fontes da investigação adiantaram que Carlos Díaz Fernández já tinha sido detido em abril do ano passado, em Santiago de Compostela, acusado de ameaçar vários meios de comunicação. Na altura foi internado para tratamento psiquiátrico.

A sede do jornal «El Pais», jornal do grupo Prisa, dona da Media Capital, que detém a TVI, foi evacuada esta quarta-feira em Madrid, devido a um pacote suspeito, que se esclareceu não conter qualquer elemento perigoso.

Isto no mesmo dia em que o jornal francês «Charlie Hebdo» foi alvo de um ataque terrorista que resultou em 12 mortos e uma dezena de feridos