Cavaco Silva dá hoje início a um intenso programa, no âmbito da sua visita de Estado à Alemanha, com encontros ao mais alto nível em que tentará sondar a disponibilidade das autoridades alemães em viabilizar um plano, conjuntamente com o Estado português e investidores privados, com vista a salvaguardar o essencial dos postos de trabalho e do «know-how» de ponta da Qimonda.

Outros títulos

Crise financeira custou ao BES quase 300 milhões de euros

Carro eléctrico: Portugal pretende fábrica de baterias

Benfica, Sporting e Porto sobem salários apesar de quebra de receitas

Cimeira ibero-americana defende investimento público contra a crise

Venda de prédios na Baixa-Chiado exige autorização da Câmara

Entrevista: gestor de fundos da Allianz aposta em EDP-R e Jerónimo Martins