A exemplo do que aconteceu na Áustria, o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 que terá lugar no próximo fim de semana, vai ter três zonas de DRS («Drag Reduction System» - Sistema de Redução de Arrastamento) aumentando assim as possibilidades de ultrapassagens.

Com a FIA determinada em aumentar as oportunidades para ultrapassagem no Campeonato do Mundo de Fórmula 1, uma terceira zona de DRS vai surgir em Silverstone sendo colocada na reta da meta. Esta nova localização de mais um ponto de DRS, deixa a oportunidade aos pilotos de realizar a curva 1 e 2 com o DRS aberto

O diretor de corridas da F1, Charlie Whiting, já veio dizer que esta nova localização do DRS pode constituir um novo desafio para os pilotos. “Não se trata de ser uma zona muito grande do DRS, o interessante é que os pilotos podem ter o sistema ativo durante a curva 1 se eles quiserem. Uma vez que o ativam na saída da última curva, e ele só se fecha se o piloto travar ou recuar. Por isso podem chegar às curvas 1 e 2 com o DRS aberto. Vamos ver.”

Esta é a primeira vez que os pilotos de Fórmula 1 vão ter a opção de realizarem uma curva com o DRS aberto.

VEJA TAMBÉM: