Rui Araújo

Rui Araújo é repórter da TVI, International Consortium of Investigative Journalists e colaborador da revista espanhola de jornalismo LUZES.

Faz, essencialmente, reportagens de investigação (SwissLeaks, Negócios Sujos, O Estado do crime, Panama Papers, etc.) e efectua ocasionalmente a cobertura de conflitos: Timor (foi o primeiro jornalista português a entrar no território depois da invasão indonésia), Bósnia, Ruanda, Líbia, Síria, República Centro-Africana, etc.

Trabalhou para a United Press International (UPI), ANOP, RTP, Radio France, TSF, O Jornal, Expresso, Público (incluindo como Provedor do Leitor), Libération, CBS News e Le Point. É um dos co-fundadores da revista Grande Reportagem.

Tem uma licenciatura de Letras (Univ. de Paris IV, Sorbonne) e foi o primeiro jornalista português a integrar a Nieman Foundation For Journalists, na Universidade Harvard, nos EUA.

Efectuou estágios na Agência France Presse (Serviço Diplomático com Michel Leleu) e na CBS News. Conquistou onze prémios de jornalismo.

É autor designadamente dos livros de non-fiction Regresso a Timor, O Diário Secreto que Salazar Não Leu (espionagem), O Império dos Espiões (espionagem) e co-autor de Corruption Notebooks e Grande Reportagem.

Escreveu ainda cinco romances policiais, entre eles, Lisbon Killer e A Tentação do Abismo – Sanz Blues.

Rui Araújo foi formador no Centro de Formação de Jornalistas (CENJOR), professor na Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e professor convidado do Master de Jornalismo do diário espanhol El Mundo/Universidad Rey Juan Carlos, em Madrid, palestrante no Instituto Superior Técnico, da Pós-graduação em Jornalismo do ISCTE e do Master do jornal espanhol ABC/Universidad Complutense, em Madrid.


ARTIGOS DE Rui Araújo
Economia 6 nov 2015, 20:54

Notícia TVI: Estado português paga viagens e serviços mais caros do que devia

São vários os exemplos de aquisições para viagens e estadias, que totalizaram 25 milhões de euros por ano, durante os últimos quatro anos
Economia 13 mar 2015, 15:17

​Inspeção das Finanças abre inquérito no caso swissleaks

Reação à notícia da TVI de uma funcionária da entidade que, em conjunto com dois familiares, teve cerca de 2,5 milhões de dólares em duas contas no HSBC
Economia 12 mar 2015, 20:14

Swissleaks: a lista portuguesa (parte I)

De onde vêm, que profissões têm e quanto dinheiro. Quem é quem neste puzzle dos 611 clientes com ligações a Portugal, que preferiram colocar o dinheiro lá fora, no HSBC, em Genebra. Muitas vezes com recurso a paraísos fiscais
ARTIGOS (6)

VÍDEOS DE Rui Araújo
VÍDEOS (11)

FOTOS DE Rui Araújo