Função Pública: confira a tabela com os cortes salariais

Governo divulgou escalões. Cargos políticos acumulam corte em 2011 com redução de 5% no salário que já sofreram este ano

Por: Redação / Joana Rodrigues, TVI    |   7 de Outubro de 2010 às 22:08
O Governo divulgou esta noite a tabela com os cortes salariais que cada escalão da Função Pública vai ter.

Os cargos políticos e os gestores públicos acumulam o corte do próximo ano com a redução de 5% no salário que já sofreram este ano. E assim o Presidente da República e o primeiro-ministro vão ter um corte de 15% no salário do ano que vem.

De acordo com a tabela divulgada pelo Ministério das Finanças, os salários acima de 4200 levam a maior talhada: um corte de 10%.

Entre os 3150 euros e os 4200 euros, os cortes variam entre os 8 e 9%. Quem receber uma remuneração entre os 2100 e 3150 euros terá uma redução no salário que varia entre os 4 e os 8%.

As remunerações acima dos 1500 terão um corte que vai dos 3,5% aos 4%.

Outra novidade é que todos os cargos políticos e gestores públicos acumulam este corte com a redução que já tiveram este ano. Significa, por exemplo, que o Presidente da República e o primeiro-ministro, que recebem mais de 4200 euros brutos por mês levam um corte de 15%: ou seja 10% em 2011, a que se soma os 5% já sofrido este ano.



Veja aqui a tabela
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Gráfico
Gráfico
COMENTÁRIOS

PUB
Novas gravações do GES: a discussão entre primos azedou

TVI continua a revelar as gravações de reuniões do Conselho Superior do Grupo Espírito Santo. Neste caso, Ricardo Salgado e José Maria Ricciardi envolveram-se numa acesa luta de palavras a propósito de notícias sobre o ambiente de tensão que rodeava uma eventual mudança de liderança no GES