Toda a gente sabe, ou pelo menos supõe, que Warren Buffett não gosta de perder dinheiro. Mas esta segunda-feira foi um dia negro para o multimilionário: perdeu mil milhões de dólares, qualquer coisa como 784 milhões de euros. Logo de manhã, ao pequeno-almoço.

Como? Por causa da derrapagem das ações da gigante tecnológica IBM, que caíram uns expressivos 13,06 dólares.

Ora, Buffett tinha comprado, no final de junho, 70.200 ações, segundo revelam dados oficiais, citados pela CNBC. Contas feitas, a queda abrupta dos títulos da IBM custaram-lhe mais de 916 milhões de dólares.

As ações da IBM registaram um comportamento tão negativo em bolsa, na sequência dos resultados do terceiro trimestre deste ano, com os lucros a derraparem de 18 para 4 mil milhões de dólares.

As receitas da empresa baixaram 4%, para 22,4 mil milhões de dólares (17,5 mil milhões de euros). A penalizar, estiveram os países emergentes: Brasil, Rússia e China caíram 7%.

Já no segundo trimestre os resultados revelaram-se frustrantes. Nessa altura, Buffett, que é o presidente da Berkshire Hathaway, garantiu que não ia vender ações da IBM. No arranque desta semana, não deve ter sido fácil ter apetite para almoçar.