A Lufthansa vai cancelar 12 ligações entre Portugal e Alemanha na próxima sexta-feira, na sequência do prolongamento da greve dos pilotos, adiantou esta quinta-feira à Lusa fonte oficial da companhia aérea alemã.

Segundo a mesma fonte, serão afetados quatro voos com partida no aeroporto de Lisboa, com destino a Munique e Frankfurt, e outros quatro com origem nestas cidades alemãs com destino ao aeroporto da Portela.

Serão ainda afetadas quatro voos, dois com origem em Frankfurt e destino o aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, e as respetivas ligações de regresso a Frankfurt.

A greve dos pilotos da Lufthansa, que na quarta-feira obrigou a companhia alemã a cancelar 750 voos, afeta hoje as operações de longo curso e estende-se na sexta-feira às ligações de pequeno e médio curso.

Na sexta-feira, a greve deverá levar ao cancelamento de 700 voos, ou seja metade dos que estavam previstos, indicou hoje a companhia em comunicado.

O sindicato Cockpit anunciou na quarta-feira à noite que a greve iria prosseguir na quinta-feira entre as 00:01 e as 23:59, apenas para os voos de longo curso e transporte de mercadorias.

Os pilotos contestam a alteração das condições para o fim de carreira e querem manter a possibilidade de passar à pré-reforma aos 55 anos, com 60% do salário.

Esta é a 12.ª paralisação dos pilotos daquela companhia desde abril do ano passado.

A Lufthansa disse que o custo das greves no ano passado ascendeu a 232 milhões de euros.