A transportadora aérea TAP informou esta segunda-feira ter cancelado os dois voos diários para o aeroporto Cidade de Londres por aquela infraestrutura estar fechada temporariamente após a descoberta de uma bomba por explodir da Segunda Guerra Mundial.

O aeroporto de London City está fechado. Os nossos dois voos foram cancelados, naturalmente, mas os passageiros foram todos protegidos noutros voos para os outros aeroportos londrinos para os quais operamos”, disse à agência Lusa uma fonte oficial da TAP.

A fonte notou que esta é uma situação “totalmente alheia à TAP”, pelo que não adiantou quando a companhia poderá voltar a operar estes voos.

A TAP, única transportadora aérea portuguesa que opera para o aeroporto Cidade de Londres desde outubro passado, faz dois voos diários durante a semana e um voo por dia aos fins de semana.

Este aeroporto foi encerrado esta segunda-feira, temporariamente, após a descoberta de uma bomba da Segunda Guerra Mundial a poucos metros da única pista de aterragem.

O engenho, que se estima pesar meia tonelada e ter cerca de 1,5 metros de comprimento, foi descoberto na madrugada de domingo numa doca do rio Tamisa, durante obras planeadas no âmbito do plano de ampliação do aeroporto.

De acordo com as autoridades locais, o pequeno aeroporto permanecerá encerrado enquanto durarem as operações de remoção do engenho explosivo.

Entretanto, as autoridades britânicas estimaram remover ainda esta segunda-feira a bomba, que levou ao cancelamento de dezenas de voos, incluindo para Lisboa.

Um perímetro de segurança de 214 metros foi montado ao final do dia de domingo, resultando não só no encerramento do aeroporto como também na retirada de todos os trabalhadores e residentes da zona a leste da cidade.

O London City é o mais pequeno dos cinco aeroportos internacionais de Londres, tendo movimentado 4,5 milhões de passageiros no ano passado, sobretudo para destinos de negócios como Frankfurt, Luxemburgo, Bruxelas ou Nova Iorque.

O aeroporto está localizado perto de zonas portuárias do leste de Londres, área que foi fortemente bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial.