O construtor automóvel francês Renault, em dificuldades desde que foi anunciado que ultrapassou as normas antipoluição em motores diesel, afirmou, nesta sexta-feira, que os seus veículos novos estão de acordo com as normas em vigor.

"Todos os veículos novos" postos à venda pela Renault estão "em conformidade com a norma Euro 6", disse à AFP um porta-voz do grupo Renault.

Os testes efetuados em França na sequência do escândalo da manipulação de emissões que envolveu a Volkswagen revelaram que foram "ultrapassadas as normas" para o dióxido de carbono e óxido de azoto na Renault, anunciou o governo na quinta-feira.

Os testes não revelaram, no entanto, a existência de qualquer dispositivo para manipular os resultados, como aconteceu na Volkswagen.

A ministra francesa da Ecologia, Ségolène Royal, já tinha anunciado na quinta-feira que os testes feitos aos carros da Renault não revelaram presença de emissões fraudulentas “escondidas” em software. 

“Não há fraude na Renault. Acionistas e trabalhadores podem estar descansados”, disse a governante aos jornalistas.