A SIVA, representante da Volkswagen, Audi e Skoda em Portugal, admitiu que a Autoeuropa produziu carros com dispositivos que falseiam os resultados das emissões de gases poluentes.

O Jornal de Negócios noticia hoje que um proprietário de um automóvel Volkswagen Sciroco, de 2009, produzido na fábrica de Palmela, fez um teste na plataforma disponibilizada pela marca alemã que confirmou ser um dos carros com ‘software’ que manipula os níveis de emissões poluentes.

A administração da Autoeuropa não respondeu às questões do Jornal de Negócios mas, quando confrontada com o teste, a SIVA esclareceu: “tanto quanto sabemos da Volkswagen AG, existem outros modelos afetados, os modelos da Volkswagen que sugerem [Eos, Scirocco e Sharan]”.

O escândalo relacionado com a manipulação das emissões de gases poluentes pela Volkswagen tem proporções mundiais e em Portugal existem 94.400 veículos afetados.

Desde terça-feira que os clientes portugueses da Volkswagen podem saber se o seu carro vai ou não ser chamado às oficinas da marca, após a SIVA ter colocado à disposição dos proprietários uma aplicação na sua página de internet que, através do número de série do quadro, diz se o automóvel está ou não afetado.

O novo CEO da Volkswagen, Matthias Muller, disse esta quarta-feira que a reparação de veículos deverá arrancar em janeiro e estar concçuída até ao final de 2016.