O ex-ministro das Finanças do atual Governo Vítor Gaspar vai na próxima semana ao parlamento explicar a informação sobre os contratos swap celebrados por empresas públicas que recebeu do antecessor Teixeira dos Santos.

A audição de Vítor Gaspar foi agendada para dia 25 de julho, às 15:00, tendo a sua presença sido requerida na semana passada pelo PSD, aquando da audição do ex-ministro das Finanças do Governo socialista Fernando Teixeira dos Santos.

Ainda antes, já na terça-feira, pelas 15:00, será a vez do antigo secretário de Estado do Tesouro, Carlos Costa Pina, também explicar o conhecimento que tinha sobre estes contratos, quando deixou o Governo liderado por José Sócrates.

No parlamento, Teixeira dos Santos rebateu as afirmações do Ministério das Finanças, em particular da agora ministra Maria Luís Albuquerque, de que nada teria sido referido na transição sobre este problema, distribuindo documentos aos deputados que contrariam as declarações da governante.

O ex-ministro Teixeira dos Santos garantiu que na pasta de transição para Gaspar constava «uma ficha» com os despachos do ex-secretário Costa Pina pedindo relatórios sobre as responsabilidades financeiras das empresas públicas, nomeadamente os swap.

«A ficha está aqui», disse Teixeira dos Santos, distribuindo o documento pelos deputados que integram a comissão parlamentar de Inquérito à Celebração de Contratos de Gestão de Risco Financeiro ('swap') por Empresas do Setor Público.