O Pingo Doce destronou o Jumbo e é o supermercado mais barato do país. A Deco visitou 250 lojas de várias cadeias e concluiu que supermercados da Jerónimo Martins têm os preços mais baixos para um cabaz de marcas brancas.

O segundo lugar é ocupado em «exe quo» pelo Continente Modelo, Intermarché e Jumbo. Todos baixaram os preços com exceção dos supermercados do Grupo Auchan. O último lugar da tabela é ocupado pelos supermercados Lidl que, em média, têm produtos 6% mais caros que o Pingo Doce.

Mas se tivermos em conta um cabaz que mistura produtos de marca branca com outras marcas mais baratas, a concorrência é mais renhida, o Continente Modelo, o Intermarché, o Jumbo e o Pingo Doce dividem o primeiro lugar dos preços mais baixos. O Minipreço surge em terceiro lugar, seguido pelos hipermercados Continente e Lidl.

Se considerarmos apenas produtos de mercearia e drogaria o Pingo Doce é o campeão dos preços, mas se a lista de compras for apenas de frutas e legumes saiba que o Intermarché é a cadeia que oferece os preços mais baixos.

O Lidl surge quase sempre como o supermercado mais caro, nos frescos chega a ter produtos 13% mais elevados que a concorrência.

A Deco analisou 33 mil preços em 64 concelhos do país. Os supermercados L¿éclerc recusaram colaborar no estudo da associação de defesa do consumidor.