No dia em que apresentou os resultados semestrais do BPI, Fernando Ulrich adiantou que o banco está e vai continuar em pleno processo de redução de efetivos, que será intensificado na segunda metade deste ano.

Até final de junho o BPI tinha 5.846 trabalhadores, menos 54 do que no final de 2015.

Segundo o presidente do BPI, a maior saída de trabalhadores do banco será feita no segundo semestre, sendo esperada a redução de 267 pessoas até final deste ano.

Contas feitas, no total sairão 321 funcionários do BPI. O banco pretende chegar ao final do anocom 5.578 trabalhadores em Portugal.

Novo Banco em avaliação

Durante a apresentação dos resultados, Fernando Ulrich confirmou o interesse na privatização do Novo Banco, razão porque terá pedido acesso à informação, assmindo em troca um acordo de confidencialidade com o Fundo de Resolução.

É verdade que o BPI assinou um compromisso de confidencialidade com o Fundo de Resolução para ter acesso à informação e estudar o dossiê", afirmou o presidente do BPI.

Mas não faço nenhum comentário sobre o Novo Banco. É a única maneira de eu ter a certeza absoluta que não violo o acordo de confidencialidade", sublinhou ainda Fernando Ulrich.