A confiança dos investidores na Alemanha caiu em abril para o nível mais baixo dos últimos oito meses devido à incerteza das consequências resultantes da crise da Ucrânia na maior economia europeia, anunciou esta terça-feira o instituto alemão ZEW.

Segundo um comunicado do Instituto de Investigação Económica ZEW, o índice de confiança caiu 3,4 pontos para 43,2 pontos em abril, o valor mais baixo desde agosto de 2013.

«As expectativas cautelosas no estudo deste mês parecem ser causadas pelo conflito na Ucrânia, que ainda gera incerteza», afirmou o presidente do ZEW, Clemens Fuest.

A queda das expectativas devido à crise na Ucrânia mais do que superou as da avaliação muito positiva da atual situação da economia alemã, afirmou Fuest.

O indicador do ZEW é calculado com base em questionários a analistas e investidores institucionais sobre as expectativas em relação à situação da economia alemã a curto e médio prazo.