As vendas de ligeiros de passageiros em Portugal somaram 75.780 unidades até junho, mais 37,7% do que no período homólogo, liderando as vendas na Europa, indicam os dados hoje divulgados pela associação europeia do setor.

Os números da Associação dos Construtores Europeus de Automóveis (ACEA) quanto às vendas de ligeiros de passageiros mostram que na primeira metade de 2014 houve também subidas importantes na Croácia (mais 32,6%, estimativa), Roménia (27,2%), Grécia e Irlanda (ambos com 23,4%), tendo todos estes países ficado muito acima da média europeia.

Com efeito, tendo em conta os Estados-membros da União Europeia (UE), os dados hoje divulgados indicam uma subida de 6,5% face ao primeiro semestre de 2013.

Durante o mesmo período, tanto a Holanda como a Áustria sentiram um retrocesso no número de viaturas comercializadas, com descidas de 5,4% e 2,4%, respetivamente.

Quanto à Alemanha, apesar de ser um dos países onde a subida foi menos significativa, com apenas mais 2,4% de unidades vendidas face ao primeiro semestre de 2013, continua a ser o maior mercado automóvel europeu, com mais de 1,5 milhões de ligeiros de passageiros comercializados.

Por outro lado, em junho, a Alemanha foi o único dos principais mercados com uma descida de 1,9% na comercialização, face ao mesmo mês de 2013, um comportamento negativo que afetou também a Áustria (menos 7%) e a Bélgica (menos 1,8%).

Já em Portugal, deu-se um aumento homólogo de 23,5% nas vendas em junho face ao período homólogo do ano passado, com um total de 15.733 unidades vendidas. Ainda assim, o aumento das vendas mensais foi liderado pela Roménia (mais 75,1%) e pela Grécia (mais 41%).

No mês de Junho, na UE venderam-se quase 1,9 milhões de ligeiros de passageiros, o que corresponde a uma subida de 4,5% deste mercado. A ACEA sublinha que este ¿foi o segundo menor nível alcançado no mês de junho¿ desde 2003, quando se iniciou a contagem estatística da associação tendo em conta a UE alargada, noticia a Lusa.