O interesse dos portugueses pela Grécia enquanto destino de férias aumentou 49,37% face ao ano passado, segundo um estudo efetuado pelo motor de busca Trivago.

O estudo foi baseado em pesquisas efetuadas no Trivago entre os dias 1 de abril e 19 de julho de 2015, para viagens a decorrer entre 1 de Julho e 31 de agosto de 2015, em comparação com o mesmo período de pesquisa e viagem do ano passado.

Santorini, o destino mais popular entre os portugueses, foi o único que sofreu uma atenuação do nível de interesse, ainda que reduzida (-1,80%).

Atenas, a capital grega, apresenta um aumento na procura de 14,69%, enquanto Mykonos vê a sua procura mais do que duplicar, registando uma acentuada subida (+109,45%).

Creta e Rhodes, destinos omissos à grande escala nas pesquisas de 2014, surgem também este ano entre os locais mais procurados. Creta assume-se mesmo como o destino com o maior crescimento nas pesquisas em Portugal.

Apesar do aumento generalizado de 49,37% da procura portuguesa pela Grécia, Portugal não está entre os países com maior impacto no turismo recetivo deste país: entre os principais países interessados em destinos gregos estão a Itália (46,72%), a Inglaterra (12,75%) e a Alemanha (11,25%).

Tradicionalmente, os portugueses optam por destinos lusos para as suas férias de verão: Albufeira, Portimão, Monte Gordo, Vilamoura e Praia da Rocha são as localidades mais pesquisas pelos portugueses para a época do calor, enquanto lá fora a procura centra-se sobretudo em Espanha, Reino Unido, França e Itália.