Bruxelas disse esta quinta-feira apoiar os esforços de Portugal para evitar qualquer instabilidade que possa fazer descarrilar o seu regresso aos mercados financeiros no ano que vem.

«Estamos ansiosos por apoiar Portugal nos seus esforços para criar condições para sair do programa» de ajustamento», disse num briefing regular em Bruxelas.

«A Comissão toma nota do apelo do Presidente da República para assegurar a conclusão bem sucedida do programa de ajustamento económico e para evitar qualquer instabilidade política nesta altura, que poderia minar a restauração da confiança nas perspetivas económicas de Portugal», disse ainda.