A ministra as Finanças afirmou esta quinta-feira que o Governo continua a «ponderar os fatores num sentido ou noutro» e anunciará «provavelmente até ao dia 05 de maio» se pretende sair do resgate com ou sem programa cautelar.

«Relativamente à estratégia de saída, estamos, como tenho tido ocasião de dizer, ainda a ponderar os vários fatores, continuamos a fazer o nosso trabalho. Já hoje saiu mais um conjunto de indicadores económicos que são positivos, o processo de regresso aos mercados continua a seguir o caminho que estava previsto, e continuamos a assistir a uma evolução positiva», afirmou a ministra de Estado e das Finanças, em resposta à comunicação social, na conferência de imprensa sobre as conclusões do Conselho de Ministros.

«Continuamos a ter em conta e a ponderar os fatores num sentido ou noutro e a seu tempo anunciaremos a decisão, sempre antes da data do final do programa, e como já foi até aqui referido, provavelmente até ao dia 05 de maio, que é o dia da última reunião do Eurogrupo antes da data do final do programa», acrescentou Maria Luís Albuquerque.