O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, deixou esta quinta-feira fortes elogios ao Governo português e sobretudo a Vítor Gaspar.

O líder da autoridade monetária não quis se pronunciar sobre a crise política em Portugal mas garantiu, em conferência de imprensa, que com a nova ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, «Portugal está em boas mãos».

«Penso que devemos reconhecer o mérito do Governo e, em especial, do ministro Gaspar, que acabou de se demitir. Também estamos confiantes na nova ministra, por tudo o que sabemos sobre ela, a sua personalidade. Ela tem sido presença constante nas reuniões do Eurogrupo. Portanto, deste ponto de vista Portugal está em boas mãos», disse.

Draghi considerou ainda que Portugal alcançou resultados notáveis. «Tem sido - e nós sabemos - um caminho penoso e os resultados que têm sido alcançados foram muito significativos, senão mesmo incríveis».

Mesmo assim, explicou o responsável, «não irei fazer comentários sobre os acontecimentos políticos porque isso não faz parte das minhas funções e também porque a situação ainda está em evolução».