Mais 1.310 idosos passaram a receber o Complemento Solidário no espaço de um ano, registando-se em julho 167.480 pessoas a receber esta prestação social, mais 289 do que em junho.

De acordo com os dados mais recentes do Instituto de Segurança Social (ISS), no mês de julho houve 167.480 pessoas a beneficiar do Complemento Solidário para Idosos, mais 1.310 do que em igual período do ano passado, representando um aumento de 0,8%.

Na comparação com o mês de junho, os dados mostram uma oscilação menor, de 0,17%, já que nesse mês houve 167.191 beneficiários do CSI.

Os dados do ISS revelam também que a maioria dos beneficiários do CSI são do sexo feminino, com 117.429 mulheres contra 50.051 homens.

Em termos de distribuição geográfica, a maioria dos idosos que recebe CSI está concentrada nos distritos do Porto (28.096), Lisboa (24.720) e Braga (12.614).

No que diz respeito às pensões, houve 2.036.894 pensões de velhice pagas em julho, mais 1.790 pensões do que em junho, e mais 2.877 do que em comparação com julho de 2017.

Já nas pensões de invalidez houve registo de uma diminuição de 0,1% em relação ao mês de junho, com menos 145 pensões contabilizadas, e registando-se em julho 174.912 pensões.

Por outro lado, houve 713 955 pessoas a receberem pensões de sobrevivência, mais 881 do que em junho, mas menos 4.784 do que em julho do ano passado.