A agência de notação financeira Standard and Poor's colocou esta terça-feira em “incumprimento parcial” os quatro maiores bancos gregos, devido à instauração de um controlo de capitais no país.

Os bancos abrangidos pela decisão são o Banco Nacional da Grécia, Pireu, Eurobanco e Alpha, que estão à beira do colapso financeiro causado pela rutura das negociações entre Atenas e os seus credores.

A decisão da Standard and Poor's segue-se à da Fitch, que anunciou na segunda-feira o corte da nota dos quatro principais bancos gregos para “incumprimento restrito” (significa que uma entidade passou por uma recente falta de pagamento de um empréstimo, juros ou outra obrigação financeira concreta, mas sem ter entrado ainda na falência).