O Governo admite que a TAP venha a eliminar a sobretaxa de combustível, devido à continuada queda do preço do petróleo, o que levará à descida do valor dos bilhetes para os passageiros, noticia a Lusa.

Na comissão parlamentar de Economia e Obras Públicas, o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, disse que «é provável que a taxa seja eliminada», reduzindo o benefício que a companhia aérea terá com a descida do preço dos combustíveis.

Confrontado pelo deputado do PCP Bruno Dias com poupanças para a TAP na ordem dos 150 milhões de euros devido à redução da fatura com combustíveis, o governante considerou que o benefício «é muito mais baixo», adiantando que a estimativa do Governo assenta na eliminação da sobretaxa.

As taxas de combustível, criadas em meados da década passada, altura em que os preços do petróleo se aproximavam dos 100 dólares por barril, são 43 euros por percurso nas viagens de médio curso e 165 euros no longo curso.