A reposição dos salários da Função Pública e a eliminação da sobretaxa de IRS até 2017 pesa 340 milhões de euros no Orçamento de Estado de cada ano, um deslize, segundo o Diário Económico, que equivale a 0,2 pontos percentuais do défice.

Recorde-se que esta é uma das medidas prometidas pelo PS na campanha, e que a coligação já disse estar disposta a ceder.

Para 2016, o Governo previa no Programa de Estabilidade e Crescimento um défice de 1,8% do PIB. Para o ano seguinte, a meta era de 1,1%. Se tudo o resto ficasse constante, esse objetivos deslizam para 2% e 1,3%, respetivamente, ou seja, ainda dentro dos limites fixados por Bruxelas.

Os cálculos do jornal foram feitos com base nas estimativas apresentadas pela ministra das Finanças em abril, quando apresentou o Programa de Estabilidade. Na altura, o Governo afirmou que a eliminação de um quarto da sobretaxa de IRS ao ano teria um impacto orçamental de 190 milhões de euros por ano.