A partir desta quinta-feira a maioria das taxas moderadoras vão descer ou manter-se. De acordo com informação da Administração Central do Sistema de Saúde, os valores foram atualizados à taxa de inflação de 2014, que foi de -0,3%.

O preço da consulta de medicina geral e familiar mantém-se nos 5,00 euros, enquanto a consulta de enfermagem realizada no âmbito dos cuidados de saúde primários continua também a custar 4,00 euros.

A consulta de especialidade também se mantém nos 7,75 euros, assim como a consulta médica sem presença do utente continua a custar 3,10 euros.

A consulta de enfermagem realizada no âmbito hospitalar passa a custar menos 0,05 euros, para os 5,15 euros.

A consulta ao domicílio passa também a custar menos cinco cêntimos, para os 10,30 euros.

Descem também cinco cêntimos os preços de serviço de urgência polivalente (20,60 euros), serviço de urgência médico-cirúrgica (18,00 euros), serviço de urgência básica (15,45 euros) e serviço de atendimento permanente (10,30 euros).