O Central Park West é um condomínio de luxo em Nova Iorque onde moram algumas das pessoas mais poderosas do mundo, como banqueiros, celebridades e outros da elite internacional.

O autor do livro “House of Outrangeous Fortune”, Michael Gross, que conta a história deste condomínio, chama-lhe o “endereço mais poderoso do mundo”, escreve o Independent.

A construção do condomínio custou cerca de mil milhões de dólares (cerca de 917 milhões de euros), mas foi um sucesso imediato e já arrecadou mais de dois mil milhões de dólares (1,8 mil milhões de euros), continuando a bater recordes de vendas até hoje.
 
O Central Park West foi concluído em 2008 e oferece uma variedade de comodidades para a elite em Nova Iorque: chefe de cozinha, piscina ou sala de cinema por apartamento.

O edifício tem dois blocos, entrada formal, biblioteca, restaurante privado, piscinas e um health club com salas de massagens exclusivas e ainda uma área de ioga.

A fachada do edifício é coberta de pedra, que custa mais do dobro que o tijolo tradicional, e a entrada tem painéis de carvalho inglês, colunas de mármore e duas lareiras. Existe até uma sala só para os motoristas.

Na lista dos inquilinos estão os CEO's Lloyd Blankfien do Goldman Sachs, Sandy Weill do Citygroup e Daniel Och do Och-Ziff Capital Management, o cientista Shlomo Bem-Haim, o ex-automobilista Jeff Gordon, o basebolista Alex Rodriguez e o gestor Daniel Loeb. 

Os empresários Omid Kordestani (ex-executivo da Google), Jerry Yang (co-fundador da Yahoo!) e Dmitry Rybolovlev (proprietário do clube AS Monaco) também se juntam à lista, tal como o músico Sting, o jornalista e locutor desportivo Bob Costas e o editor Marvin Shanken.

O condomínio é partilhado também com os atores Denzel Washington, Kelsey Grammer e Mark Wahlberg.