O resultado líquido do Grupo Inapa aumentou 87% para 520 mil euros entre janeiro e junho, um valor que compara com o lucro de 280 mil euros obtido no primeiro semestre de 2012, revelou esta quarta-feira a empresa.

As vendas ascenderam a 442,8 milhões de euros, uma redução face aos 472,9 milhões de euros registados no mesmo período de 2012. «O decréscimo é explicado pela redução das vendas de papel de 7,9%, devido não só à conjuntura de mercado negativa, mas também ao rigor no controlo do risco de crédito de clientes, a par da política de defesa da margem», lê-se no comunicado da Inapa.

A empresa assinalou que «apesar do abrandamento na atividade, os negócios complementares continuaram a tendência positiva que têm vindo a registar, com um crescimento de 5,9% na embalagem e 5% no negócio da comunicação social, compensando parcialmente a queda do negócio do papel».

No período em análise, o peso dos negócios complementares (embalagem e comunicação visual) na geração de resultados operacionais (EBIT) do grupo aumentou, representando 15,3% e 12,4% respetivamente, enquanto o negócio do papel viu reduzir o seu peso no consolidado de 78,6% para 72,3%.

Os custos de exploração recuaram 3,3 milhões de euros (uma quebra homóloga de 4,6%), fruto da descida dos custos de distribuição, de pessoal e administrativos.

Já a dívida líquida da Inapa baixou 6,5% para 331,9 milhões de euros.