O parlamento aprovou esta quarta-feira uma lei que proíbe pagamentos em dinheiro acima de três mil euros, com base em projetos do PSD e do Bloco de Esquerda.

Em votação final global, o texto final da lei foi aprovado por todos os partidos, exceto o PAN e o CDS-PP.

É proibido pagar ou receber em numerário em transações de qualquer natureza que envolvam montantes iguais ou superiores a (euro) 3.000 ou o seu equivalente em moeda estrangeira”, estipula o projeto aprovado.

O projeto inicial do Bloco de Esquerda previa a proibição de pagamentos em numerário acima dos 10 mil euros.