Os resultados globais de 24 bancos que operam no mercado português nos primeiros nove meses do ano traduzem-se num prejuízo de 1,55 mil milhões de euros, segundo os números disponíveis no portal do Banco de Portugal.

Das 24 entidades financeiras analisadas, metade teve lucros e a outra metade prejuízos. Porém, como a maioria dos principais bancos registou perdas consideráveis, o resultado final revela que as contas da atividade «como um todo» estão «no vermelho».

Entre janeiro e setembro, o BCP liderou os prejuízos (597 milhões de euros), seguido pelo BES (381 milhões de euros), pela CGD (278 milhões de euros), pelo Banif (243,5 milhões de euros) e pelo Montepio (205,2 milhões de euros), segundo a Lusa.