A taxa de inflação nos Estados Unidos subiu 0,2% em setembro e 1,2% em ritmo anual, informou esta quarta-feira o Departamento do Trabalho norte-americano.

A taxa de inflação homóloga em setembro foi a mais baixa dos últimos cinco meses.

O Departamento de Trabalho sublinhou que as remunerações dos trabalhadores se mantiveram inalteradas e que apenas aumentaram 0,9% em ritmo anual.

Em setembro, os preços da energia subiram 0,8% e os dos alimentos mantiveram-se inalterados, sublinhou o governo.

Excluindo os preços da energia e dos alimentos, a inflação subjacente foi de 0,1%, indica o Departamento.

A Reserva Federal norte-americana (Fed), que hoje termina a penúltima reunião deste ano sobre política monetária, considera saudável uma taxa de inflação em torno dos 2%.

Tendo em conta que a taxa de inflação continua abaixo da meta da Fed, a instituição tem margem para manter o programa de compra e ativos no valor de 85.000 milhões de euros por mês para tentar sustentar a reativação da economia.