O ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, já tem autorização para votar no próximo dia 4 de outubro.
 
De acordo com o Diário de Notícias, a decisão do juiz Carlos Alexandre foi tomada na sequência de um requerimento do ex-presidente do banco. Ricardo Salgado será escoltado por elementos da PSP até à mesa de voto.

Os agentes da autoridade terão que ir desarmados por imposição legal. Segundo a lei eleitoral para a Assembleia da República, "nos locais onde se reunirem as assembleias de voto, e num raio de 100m, é proibida a presença de força armada", a não ser que o presidente da mesa de voto a requeira para "obstar a qualquer agressão ou violência" ou o comandante da força, PSP ou GNR, tenha indícios "seguros de que se exerce sobre os membros da mesa coação física ou psíquica".
 
Também em prisão domiciliária está José Sócrates. O ex-primeiro-ministro também deverá requerer autorização para ir votar, mas até agora os advogados ainda não tomaram qualquer iniciativa nesse sentido, o que deverá acontecer na próxima semana.

As eleições legislativas realizam-se no próximo domingo, dia 4 de outubro.