O ministro da Economia, Pires de Lima, sublinhou esta quinta-feira que segue com «atenção e preocupação» a situação na PT e disse «esperar que o bom senso impere».

Em entrevista ao programa «Política Mesmo», da TVI24, o governante considerou que é muito importante que o ativo PT Portugal possa ser preservado e «se encontre o mais rapidamente possível uma estrutura acionista estável e em condições de assegurar a sustentabilidade, crescimento e competitividade da empresa».

O responsável reiterou que não é intenção do Governo interferir. Recorde-se que a assembleia geral de acionistas da PT SGPS foi adiada para 22 de janeiro, e tem como objetivo voltar a venda da PT Portugal aos franceses da Altice.

«Vamos ter de aguardar tranquilamente pelas decisões dos acionistas. Sigo com atenção e às vezes com preocupação a evolução dos acontecimentos relativos à estrutura acionista e espero que com brevidade a PT Portugal encontre uma estrutura acionista que funcione como porto seguro para assegurar o bom desenvolvimento da empresa», concluiu,