O ministro da Economia revelou esta sexta-feira que o Governo aprovará em Conselho de Ministros, no princípio de abril, as prioridades de investimento em infraestruturas.

«O tema vai a Conselho de Ministros no princípio de abril. O Governo revê-se nos princípios que foram seguidos pelo grupo técnico e que têm expressão no relatório final», afirmou Pires de Lima, no Parlamento.

As declarações de Pires de Lima foram proferidas perante os deputados que integram a comissão parlamentar de Economia e Obras Públicas, onde o ministro está esta tarde a ser ouvido no âmbito do conteúdo do Relatório do Grupo de Trabalho Infraestruturas de Elevado Valor Acrescentado.

«Queremos anunciar na primeira semana de abril o grupo de prioridades, mas estamos a falar de decisões preliminares, ainda não se trata de uma decisão final», referiu Pires de Lima.

O relatório pedido pelo Governo e elaborado por um grupo de trabalho definiu um total de 30 projetos prioritários até 2020, apontando os portos e a ferrovia como prioridades para o investimento em obras públicas.

O documento refere que o financiamento prioritário deve provir de fundos comunitários (3.132 milhões de euros), do Estado (que ficaria responsável por 1.428,1 milhões de euros) e só uma pequena parte (543,6 milhões) deve ser adjudicada ao setor privado, num investimento global de 5.103,8 milhões de euros.