O Banco Central Europeu (BCE) quer impedir o Novo Banco de compensar os lesados do papel comercial do Grupo Espírito santo (GES).
 
De acordo com o Diário Económico, chegou um email de Frankfurt onde o BCE exige ter a palavra final em qualquer solução.
 
O email em causa foi enviado depois da divulgação de notícias que davam conta que o Banco de Portugal e o Novo Banco estavam a ultimar uma solução para os clientes lesados.
 
A solução previa que os clientes lesados recebessem entre 30 a 40% dos montantes aplicados em papel comercial de empresas do GES.
 
O BCE não aceita que o Novo Banco compense assim os investidores, considerando que tal põe em causa a hierarquia de credores, prevista nas regras europeias da resolução bancária.