O desemprego no conjunto dos países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) manteve-se nos 5,9% em abril, com Portugal no quarto lugar na lista dos países com mais desemprego.

De acordo com os dados hoje divulgados pela OCDE, nos 35 países membros havia 36,9 milhões de desempregados em abril, ainda mais 4,2 milhões do que antes de se fazerem sentir os efeitos da crise, em abril de 2008.

Do total de desempregados na OCDE, 504 mil dizem respeito a Portugal, onde a taxa de desemprego se manteve nos 9,8% em abril. Mesmo assim,  o valor mais baixo desde fevereiro de 2009. 

A taxa de desemprego de março de 2017 situou-se em 9,8%, menos 0,1 pontos percentuais (p.p.) do que no mês anterior e menos 0,3 p.p. em relação a três meses antes. Aquele valor representa uma revisão nula face à estimativa provisória divulgada há um mês e constitui o valor mais baixo observado desde fevereiro de 2009 (9,7%)”, lê-se no boletim do Instituto Nacional de Estatística.