As ações da gigante japonesa Nintendo valorizaram mais de 22% na última sessão na bolsa de Nova Iorque, a que se seguiu um crescimento de 16% em Tóquio, após o anúncio da parceria com a Apple para levar a personagem Super Mario aos dispositivos móveis da tecnológica norte-americana.

Entre o fecho da sessão do dia 6 de setembro e as 16:00 do dia 7 os títulos passaram dos 28,20 para 36,30 dólares por título. Já na Ásia, desde o dia 6 até ao fecho esta quinta-feira as ações cresceram até aos 27,955 ienes.

Esta quarta, Shigeru Miyamoto apareceu no palco da Apple para anunciar chegada do Mario ao iPhone. A aplicação "Super Mario Run", foi apresenta durante o evento da gigante da maçã organizado em San Francisco, nos EUA, para o lançamento do iPhone7.

É a primeira vez que a Nintendo se associa à Apple para a distribuição de uma das suas criações top e esta foi também uma das primeiras novidades apresentadas pela empresa norte-americana no evento, que tinha como "prato principal" o próximo modelo do seu smartphone.

Miyamoto, que também é criador de grandes sucessos da Nintendo como "Donkey Kong" e "Legend of Zelda", afirmou que "Super Mario Run" chegará à Apple Store antes do Natal a um preço fixo.

Este é mais um salto no crescimento da empresa japonesa em bolsa, depois do fenómeno Pokémon Go ter feito disparar as ações para um máximo histórico.