A fabricante de mobiliário de luxo Frato vai abrir a primeira loja no Médio Oriente em Riade, assim como o grupo de fitness Vivafit se prepara para abrir 100 ginásios na Arábia Saudita nos próximos anos, ambos com parcerias locais, escreve a Lusa.

Os investimentos foram hoje anunciados pelo gabinete do vice-primeiro-ministro, Paulo portas, que chefia a delegação oficial à comissão bilateral Portugal-Arábia, que decorrerá até quinta-feira na capital saudita e tem por objetivo impulsionar as exportações portuguesas para aquele mercado e a captação de investimento para Portugal.

Os contratos serão assinados hoje à noite na embaixada portuguesa na Arábia Saudita na presença da delegação oficial e empresarial.

A Frato vai abrir uma loja, semelhante à que tem nos armazéns britânicos Harrod¿s, em Riade em parceria com o grupo saudita Dai International Trading, estimando vendas na ordem de um milhão de euros no primeiro ano.

Também o grupo de fitness Vivafit vai fazer uma parceria com o grupo saudita Gift Garden para abrir 100 ginásios na Arábia Saudita nos próximos anos, rondando os investimentos os 30 milhões de euros, depois de outros investimentos no Médio Oriente, mais recentemente nos Emirados Árabes Unidos.

O gabinete do vice-primeiro-ministro divulgou ainda que Paulo Portas se reuniu hoje de manhã com o príncipe herdeiro Salman bin Abdulaziz AlSaud, e com os ministros das Finanças, e do Comércio e Indústria e que ainda hoje vai encontrar-se com o príncipe Alwaleed bin Talal bin Abdulaziz AlSaud.

Na quinta-feira está prevista a assinatura de mais contratos.

A comissão bilateral estará acompanhada em Riade por uma missão empresarial de 45 empresas, sobretudo dos setores da engenharia e construção, energia, agroindústria e tecnologias de informação.