O presidente executivo da Impresa, dona da SIC, está «preocupado» com o contrato de concessão de serviço público de televisão e adiantou que o grupo irá analisar o documento e dar o seu contributo.

Citado pela Lusa, Pedro Norton falava aos jornalistas, à margem da apresentação do novo canal temático da SIC em exclusivo na plataforma ZON OPTIMUS.

Questionado sobre a questão da televisão digital terrestre (TDT) - ministro da tutela Miguel Poiares Maduro defendeu o alargamento da oferta, incluindo um canal de informação regional e outro infantil - Pedro Norton disse que não iria fazer comentários, remetendo para um comunicado conjunto enviado pela SIC e TVI na semana passada.

Em relação ao novo contrato de concessão de serviço público de televisão, Pedro Norton disse que o documento vai «entrar em consulta pública» e que o grupo Impresa irá «analisá-lo e dar o seu contributo».

«Estou preocupado» com o contrato de concessão, adiantou Pedro Norton, escusando-se a dar mais detalhes.

«Vamos estudar o contrato de concessão no período de consulta pública», disse, adiantando que os comentários sobre o documento serão feitos «em sede própria».

Questionado sobre se tem tido contactos com o ministro da tutela, Pedro Norton afirmou apenas que a Impresa tem «contactos regulares com todas as entidades relevantes».