O fabricante automóvel japonês Toyota Motor anunciou hoje que vai recolher 370 mil viaturas em todo o mundo, inclusivamente em Portugal, devido a falhas que podem causar uma paragem súbita do motor e no inversor dos sistemas híbridos.

Segundo o maior construtor de automóveis a nível mundial, vão ser chamados às oficinas 200 mil veículos híbridos devido a um problema que envolve o inversor que transforma a corrente contínua em corrente alternada, e vice-versa.

Em Portugal, segundo disse fonte oficial da Toyota Caetano Portugal à Lusa, o único modelo envolvido é o Lexus RX 400 H e os 111 proprietários vão ser contactados «diretamente, em carta registada» para levar o carro à oficina.

A mesma fonte acrescentou que não há registo de acidentes relacionados com esta possível falha e que não compromete a segurança do automóvel.

Outros 170 mil carros vão ser chamados às oficinas para verificar os parafusos do sistema de controlo de válvulas do motor, que se podem soltar e, no limite, provocar uma paragem súbita do motor nos modelos Crown e Mark X, construídos no Japão entre julho de 2005 e julho de 2011.

Segundo fonte da Toyota, estes modelos não foram comercializados em Portugal.

A Toyota sublinha que não recebeu informações sobre qualquer acidente relacionado com este problema.